Maternidade e muito trabalho, saiba como Thais Farage equilibra os pratinhos com muita leveza e amor

blog_ (15)
Hoje trago para o blog uma pessoa que admiro e me identifico muito. O Instagram tem dessas, nos inspira e também nos faz conhecer pessoas incríveis e cheias de boas ideias e opiniões. E foi assim que conheci a consultora de estilo, Thais Farage. Primeiro adorei suas fotos e seu estilo e, foi pesquisando mais a fundo, que me vi encantada com a mensagem que ela passa e o quanto tinha para aprender com tudo que ela diz.

Além de ter um estilo super fofo e dar consultoria, Thais defende sua posição como mulher e como mãe – sim, ela tem um filho que é a coisa mais linda e nos mostra que é possível ser mulher, ser mãe, ser linda, usar a roupa que melhor a representa e ainda equilibrar as tarefas do dia a dia referentes à trabalho e novos projetos. Tudo de uma forma super real.

Thais é pura inspiração e, às vésperas do dia das mães, tive o prazer de bater um papo com ela e contar um pouco mais sobre sua trajetória, inspirações e seu dia a dia pra lá de agitado, mas cheio de amor.

blog_ (2)

blog_ (1)

– Você é formada em moda? Como ela apareceu na sua vida?

Não sou formada em moda, não. Sou formada em cinema, trabalhei com direção de arte por aaanos e fui parar em moda tem só 5 anos. Eu sempre amei moda, eu sempre me comuniquei por roupa e estilo, sempre foi uma língua que eu falei intuitivamente e até fiz um figurinos em tv. Mas eu achava que moda não era pra mim, achava moda muito ‘de patricinha’, achava meio fútil, não entendia como eu poderia caber nesse lugar… Então primeiro eu resolvi sair de cinema – a rotina era insana! – e voltei pra terapia, precisei dar uma repensada geral. A partir daí foi tudo muito acontecendo…os cursos que me interessavam eram sempre os de moda e aí, em um viagem pra ny, estudei moda e arte no met. Foi ali que tive certeza que era isso, que era moda, que eu tinha que achar um jeito de trabalhar com essa moda que eu acreditava (e acredito). A consultoria de estilo apareceu logo depois, por acaso, e foi quando caiu a ficha: eu sempre fui consultora de estilo das amigas, da família, sempre ajudei quem tava por perto.

– Conte um pouco da sua trajetória nas redes sociais. Quando você percebeu que as pessoas gostavam e interagiam com suas questões levantadas e o que te motivou a contar cada vez mais sobre seu trabalho e sua vida?

Eu leio blog desde que a Julia Petit tava no Ig, lembra? Hahahaha, há séculos! Eu amava e to-do mundo me falava que eu tinha que ter blog. Eu sempre ia filmar com umas roupas diferentes, sempre falavam. Mas na época eu tinha vergonha (sim, vergonha!) e não fiz e acho que foi o maior erro de carreira da vida, hahaha. Só fui topar entrar, de verdade, na internet, quando saí de cinema e não fazia ideia do que fazer. Comecei a fazer o blog (e depois o instagram) porque eu realmente não me identificava com a maioria do conteúdo de moda que era produzido (em 2013). Mas foi depois que eu virei consultora de estilo e comecei a falar bastante sobre isso que as pessoas se engajaram, que as coisas aconteceram. Acho que foi tudo muito junto, eu me descobri e as pessoas me encontraram também. Sempre foi muito de verdade e as pessoas percebem isso.

Eu amo gente, amo estar na internet, amo comentário, amor responder direct, amo ganhar abraço na rua. Isso é o que me motiva: estar perto das pessoas. Gosto de gente, gosto de conhecer mais gente.

blog_ (6)

– Sobre a consultoria de estilo, como começou e o que te encanta mais nesse trabalho?

Eu fiz um curso na oficina de estilo e depois fiz vários outros, nunca mais parei. Começou assim, meio por acaso, mas hoje em dia é meu vício, realmente adoro. Eu acho que se conhecer, se amar, se apropriar da sua identidade é revolucionário e é isso que mais me encanta na consultoria, é isso que eu proponho pras minhas clientes: revolução.

– Acho muito legal a sua relação com o miguel e a maternidade. Qual foi seu processo e as suas descobertas nessa busca pra encontrar o balanço entre cuidar de você, do filho e da carreira?

Logo que Miguel nasceu eu não fiz mais nada, eu só ficava com ele, só olhava pra ele e só cuidava dele. Quase morri. Não foi legal. Eu achava que precisava ficar sem comer, sem dormir, sem fazer xixi porque só eu conseguia cuidar do Miguel, só comigo ele ficava bem. Passada esses primeiros 6 meses eu entendi que eu precisava estar feliz e completa pra ser uma mãe massa. Não tem jeito, o arquétipo mãe [que se doa e se anula] é forte demais, é muito-muito-muito difícil fugir dele, mas é preciso. Eu sinto, eu acredito muito no meu feeling, eu vou vendo até onde dá pra ir. Eu sempre sei onde to ‘devendo’ mais energia, raramente é pro Miguel, hahaha. Sou muito inteira em tudo que faço e sempre digo que Miguel e as minhas clientes são as pessoas no mundo que tem o melhor de mim, quando trabalho só trabalho, quando tô com Miguel tô só com ele. E me obrigo a correr, meditar e fazer terapia, preciso cuidar de mim, é o que eu posso fazer de melhor pro Miguel e pra minha carreira.

– O que te inspira e o que te motiva a continuar se comunicando com cada vez mais e mais pessoas?

Eu amo gente, essa é a primeira coisa. Gosto mais de gente que de moda e por isso consultoria de estilo e não styling. É isso que me motiva, eu gosto de ver as minas se sentindo linda, donas de si mesmo, experimentando, brincando com a roupa, tendo uma relação mais leve e feliz com o próprio corpo. É isso que me motiva, é isso que me faz trabalhar de madrugada, acordar cedo, equilibrar mil pratinhos. Quero ver a mulherada ganhar o mundo.

blog_ (4)

Roupa também é forma de comunicação e é através dessa ferramenta que a Thais encanta tanta gente, mostrando que elas são capazes de serem quem elas querem ser, dando conhecimento, dando voz e estilo também.

Completamente entregue e apaixonada pelo seu trabalho e pelo seu filho, ela mostra que quando se tem amor e força, tudo flui.

Além de um Instagram lindo, a Thais tem um blog e um canal no youtube cheios de boas informações e conteúdos super bem pensados e apresentados. Acompanhem o trabalho dessa mulher tão inspiradora, leve e cheia de estilo.

blog_ (7)

blog_ (8)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *