Slow Fashion, Vegana e Feita à Mão: Três marcas em um editorial cheio de amor

Processed with VSCO with hb1 preset

Fui convidada, ao lado da Lais Cunha, para participar de um editorial produzido pela turma de moda AN5DM da Belas Artes. As fotos foram uma parceria com a marca de roupas slow fashion Jezebel, a de sapatos veganos Kasulo e de acessórios feitos a mão Camila Alves.

Uma delicia poder contribuir com o trabalho das meninas e ainda passar uma manhã muito gostosa sendo clicada pela Bárbara Waldorf. O resultado desse trabalho está aqui nessa série de fotos que selecionei para compartilhar com vocês 🙂

Continue lendo

Vida de Amora + Kora Swim: um bordado à mão para o Outubro Rosa

10

O bordado é uma forma de resgate, um gesto que nos faz olhar pra dentro e nos traz o poder de fazer com as próprias mãos. Com todos esses significados tão delicados porém tão fortes que tive a alegria de receber o convite da marca Kora Swim para criar uma coleção cápsula bordada por mim, é o Poder da Palavra, que reuniu em 3 mensagens uma só vontade: conscientizar nós mulheres da importância do autoconhecimento, do cuidado e, principalmente, da nossa união. O Outubro Rosa vem para nos lembrar desses hábitos tão simples e que podem fazer grande diferença para nós. Esse também é o momento para falarmos sobre o câncer de mama, sua prevenção e formas de informação.Continue lendo

Gioconda Clothing e o Clube do Bordado

3

A Gioconda Clothing, marca de homeware que quebra conceitos e se põe a favor do ser feminino, da não sexualização e do empoderamento dessa mulher, fez uma parceria linda com o Clube do Bordado e o resultado foi a Flores de Vênus, uma coleção pensada, criada e executada por muitas mãos.

Eu tive a alegria de receber esse sleep dress que fez eu me sentir abraçada por todo esse amor e delicadeza da coleção e senti que passou com clareza esse conceito tão especial.

 blog_(7) (1)

blog_(9) (1)

As peças, que foram produzidas artesanalmente – mais de 220 horas dedicadas ao bordado livre – contam um pouco da relação íntima das mulheres com o seu corpo e seus órgãos vitais. É o contato desse corpo direto com a natureza, com as flores, frutos e sementes. 

 “Os órgãos que nos inspiram são traduzidos em formas e cores que remetem ao tradicional bordado húngaro. Tudo florindo a seu tempo, em favor dos conceitos de slow fashion e da valorização dos saberes manuais.”

blog_(1) (2)

 Os tecidos naturais como o algodão, trazem uma suavidade maior para o contato com a pele. Tudo isso deu vida a kimonos, hot pants, sutiãs, croppeds, tangas e sleep dresses que já se encontram disponíveis no site e nas feiras de produtores independentes que rolam por São Paulo. 

2

1

A parceria da Gioconda com o Clube do Bordado é um convite para cada mulher olhar para dentro de si, sentir os seus desejos, suas angústias e suas vontades. É um olhar feminino, delicado e cheio de pureza. É aquela vontade de mostrar o que há de mais belo em cada um de nós.

Venha conhecer com mais detalhes essas e tantas outras peças nas redes deles:

Instagram: @clubedobordado /@giocondaclothing

Facebook: clubedobordado / giocondaclothing

Fotos campanha: Flávia Valsani

Pausa para o café com: Amora Papel

blog_-8-1

Essa semana sentei para tomar um café com a minha quase xará de projeto, a criadora da Amora Papel. Conheci a Karen – cabeça e mãos por traz da marca – em uma das feiras que acontecem em São Paulo. O mais engraçado desses nossos encontros é que nos conhecíamos pelo Instagram, mas, tímidas que somos, não conseguíamos demonstrar isso ao vivo. Eis que um belo dia quebramos essa barreira e essa admiração foi para além do mundo virtual.

O trabalho da Karen é puro amor, desde a embalagem até o produto final. Como o próprio nome diz, é o amor ao papel. E esse sentimento tão bom é claramente passado pelos seus produtos, todos feitos à mão e com todo o carinho.

blog_-6-2

blog_-1-2

E pra saber melhor como acontece o processo de criação, feitura e suas maiores inspirações, acompanhe esse bate papo gostoso que tivemos por aqui:

V.A.: Como começou o seu amor por papelaria?

Amora Papel: O amor pela papelaria vem da infância, desde que me lembro por gente gosto de itens de papelaria. Quando era criança e chegavam datas como aniversário, Natal e meus pais me perguntavam o que eu queria de presente eu falava que queria ir à papelaria e gastar minha cota de presente em itens de lá. Fazia coleção de papel de carta, canetas coloridas, borracha, tudo o que você pode imaginar. A minha descendência é japonesa e nessa época meu pai trabalhava em uma empresa com sede no Japão, e por isso viajava algumas vezes a trabalho para lá. Quando ele voltava, ele trazia aquelas coisas mais fofas que tem lá, adesivos, borrachas com cheiro, era a maior alegria 🙂 Eu não usava nada, guardava tudo de tanta dó que eu tinha de usar as coisas.

blog_-10

V.A.: Qual é a sua relação com o trabalho manual?

A.P.: Fazer coisas com as mãos sempre esteve presente. Eu tenho uma irmã 8 anos mais nova, quando ela era pequena, eu gostava de fazer fantasias em papel para brincarmos. Em trabalhos da escola eu adorava desenvolver coisas à mão, muitas vezes presenteei meus pais com cartões ou álbuns que fazia. O tempo foi passando e perdi um pouco de contato com isso, de fazer coisas com as mãos, fui estudar Publicidade, mas quando entrei no mercado sabia que aquilo não ia me deixar feliz. Depois disso fui trabalhar com design e já foi um passo positivo, já era mais perto criar com mais carinho. Mas a papelaria foi onde senti que consigo extravasar e compartilhar esse meu amor.

blog_-2-2

blog_-7-1

V.A.: Quais as alegrias e as dificuldades de ter a sua própria marca?

A.P.: Alegrias são várias. Não tem preço você ver as pessoas se apaixonando por algo que você desenvolveu com tanto carinho, ter esse feedback é incrível. Acho que ser pequeno produtor também trouxe uma enorme alegria que foi conhecer outros pequenos produtores que tem trabalhos lindos, e são pessoas incríveis que se esforçam muito. Claro que temos dificuldades como todo trabalho, lidar com mil processos ao mesmo tempo, mas acho que uma das dificuldades para mim foi aprender a entender que você não vai agradar a todos e tudo bem. Às vezes tem pessoas em feiras que olham o seu trabalho e realmente não vão valorizar, vão falar que não valem o preço ou qualquer coisa do tipo. No começo foi sofrido para mim, eu ficava tentando entender o que tinha de errado com os produtos, me questionava se estava fazendo a coisa certa. Mas, com o tempo entendi que tudo bem, que eu quem tenho que estar feliz para poder passar essa energia para as minhas coisas. Já que eu quero que quem tenha um produto da Amora sinta alegria, e é essa pessoa que eu quero que esteja na minha rede.

blog_-3-2

V.A.: As estampas dos seus cadernos são pura delicadeza. É você mesma quem faz? Da onde vem a inspiração para criá-las?

A.P.: Sim, eu que faço 🙂

Acho que a inspiração vem de tudo que vejo, sou muito movida à imagem. Assim como tem gente que é movido à sons/música, o que mexe comigo é imagem, pode ser filme, foto, pintura, qualquer coisa. E também desenhar para mim é um momento que eu relaxo, em que tento esvaziar a cabeça e só desenhar, deixar a mão fluir.

blog_-4-2

V.A.: Ah, somos quase xarás! Como aconteceu a escolha do nome “Amora Papel”?

A.P.: Sim, somos quase xarás! Amora Papel na verdade veio de “Amor ao Papel” 🙂

V.A.: Se a Amora Papel fosse uma pessoa, como ela seria?

A.P.: Ai que pergunta difícil hahaha

Acho que independente do estilo, jeito dessa pessoa, a Amora seria uma pessoa que busca uma coisa: crescer e ser feliz.

blog_-5-2

Toda essa pureza e delicadeza são transmitidas nesses cadernos lindos que a Karen faz. Apoiar o pequeno produtor é isso, uma troca constante de admiração, carinho e amor por todos os lados.

E para ficar de olho nas novidades da Amora Papel, siga a marca nas redes:

Site: amorapapel.com.br

Instagram: instagram.com/amorapapel

Facebook: facebook.com/AmoraPapel

Pausa para o café com: Sambarilove

O  pausa para o café dessa semana veio entre as linhas e agulhas da bióloga e artista Eveline Rodrigues, criadora da Sambarilove, marca de bolsas cheia de personalidade e estilo puro.

Além das estampas serem pra lá de divertiras e as modelagens super diferenciadas, Eveline transmite todo o seu cuidado e carinho com o produto fazendo cada uma de suas bolsas à mão, o que deixa tudo ainda mais encantador.

blog_(6)

blog_(4)

Leia aqui a nossa conversa e sinta esse clima gostoso que a marca tem:

Vida de Amora: Como nasceu a Sambarilove Bolsas?

Sambarilove: A Sambarilove completa cinco anos, em 2016. Nasceu de um momento curioso em que eu e uma amiga resolvemos desmontar uma bolsa para aprender a fazer mais. Só pra gente, mesmo. Aí uma amiga quis e a outra também e até hoje estou costurando para os amigos! Rs

V.A.: Qual a importância que vê nas peças feitas à mão hoje em dia?

S.: Gosto de pensar no tecido, na linha, no botão. Mando a encomenda já carregando meu produto principal: o amor das mãos.

blog_(3) blog_(2)

V.A.: Onde você se inspira para criar as suas peças?

S.: Minha inspiração vem de todos os lados: música, vídeos, revistas, livros, da arte do meu marido grafiteiro, até mesmo da vida cotidiana. As questões sociais me inspiram muito. Quero construir um produto que faça sentido, que enalteça as mais diferentes personalidades. Amo a diversidade da nossa espécie!

V.A.: Qual a sua relação com aquilo que você veste?

S.: Adoro observar como as pessoas se vestem, como se penteiam, como usam seus acessórios. Você conhece muito sobre alguém observando seu comportamento, sua vestimenta. Acho que sai daí meu fascínio pela moda. Moda não tem nada a ver com quem compra mil peças de roupas, toda semana, nas maiores marcas. 

blog_(1)

V.A.: Se a Sambarilove fosse uma pessoa, como ela seria?

S.: Se a Sambarilove fosse uma pessoa, seria das mais fortes que existe, talvez uma mulher negra e careca, como sua logomarca, daquelas que dizem muito, sem falar nada.

blog_(5) blog_(7)

A Sambarilove traz o amor do trabalho manual e a identidade forte de quem conhece seu público.

Eu já tenho a minha e adoro usar com peças básicas, tudo para chamar ainda mais atenção para as cores e beleza que ela tem 🙂

blog_(8)

E se você também se apaixonou pelas bolsas assim como eu, siga a marca nas redes sociais:

Facebook: facebook.com/sambarilovebolsas

Instagram: instagram.com/sambarilovebolsas