Slow Fashion, Vegana e Feita à Mão: Três marcas em um editorial cheio de amor

Processed with VSCO with hb1 preset

Fui convidada, ao lado da Lais Cunha, para participar de um editorial produzido pela turma de moda AN5DM da Belas Artes. As fotos foram uma parceria com a marca de roupas slow fashion Jezebel, a de sapatos veganos Kasulo e de acessórios feitos a mão Camila Alves.

Uma delicia poder contribuir com o trabalho das meninas e ainda passar uma manhã muito gostosa sendo clicada pela Bárbara Waldorf. O resultado desse trabalho está aqui nessa série de fotos que selecionei para compartilhar com vocês 🙂

Continue lendo

Cores e purpurinas do carnaval da Farm

blog_(4)

Foi dada a largada para a época mais esperada do ano – pelo menos em terras cariocas posso garantir. O carnaval já começou por aqui e o que não falta é motivo para sair nas ruas com purpurina da cabeça aos pés e abusar da criatividade na hora de criar a sua fantasia!

blog_(10) (1)

blog_(5) (1)

blog_(9) (1)

E para deixar esse carnaval ainda mais cheio de cor, a Farm lançou uma coleção linda de fantasias! Tem para todos os gostoso, estilos e propósitos. 

Eu e minha amiga Catalina (@catamarchesii), a argentina mais cheia de bossa que eu conheço, escolhemos as nossas preferidas e fizemos essas fotos para mostrarmos para vocês! 

blog_(15)

blog_(1) (2)

blog_(3) (1)

Paulista que sou, há tempos não me fantasiava assim e vou te dizer que a experiência é tão divertida que não entendo porque só existe carnaval uma vez no ano!

blog_(17)

blog_(9) (1)

blog_(16)

blog_(8) (1)

blog_(14)

Bora pular pelas ruas e deixar a alegria rolar solta! 

Fotos: Ana Luiza Manço (Instagran: @ana_luizams)

Sol e Frio – Seattle

blog1-copy

No nosso último dia em Seattle aproveitamos para fazer mais um passeio pelas redondezas da Baía de Elliott, na região central da cidade. Um dia de bastante sol e com aquele friozinho do outono, foi perfeito para caminhar e conhecer um pouco mais do local.

blog11-copy

blog9-copy

blog29-copy

blog12-copy

blog13-copy

A parte mais legal de andar apé por uma cidade desconhecida é que vamos parando a cada ruelinha bonita, prestando mais atenção a cada detalhe. Passamos por locais que muitas vezes não notaríamos e que nos surpreendem quando entramos. É meio que se deixar levar pelo caminho, virar em uma rua porque algo de chamou atenção, sem muito trajeto marcado, apenas indo. E pela vontade de registrar todo esse charme que encontramos por lá, preparamos um pequeno ensaio aproveitando todo esse cenário.

blog6-copy

blog8-copy

blog28-copy

blog4-copy

blog7-copy

blog5-copy

E falando nos deixar levar, não teve como não notar a roda gigante de 53 metros de altura que é um dos cartões postais da cidade – a Seattle Great Wheel. E foi pela curiosidade de saber como era a vista lá do alto que nos arriscamos – porque sim, temos medo de altura – e topamos esse passeio super turístico e divertido. Para quem se sente insegura em lugares altos assim como nós, eu já aviso: ela gira super devagar e chega um momento que nem notamos mais o medo de tão linda que é a vista. Vale super a pena!

blog25-copy

blog3-copy

blog22-copy

blog24-copy

 

blog21-copy

blog18-copy

 

blog20-copy

blog26-copy

 

blog15-copy

blog25-copy

Fechamos a série de Seattle assim, com o sol no rosto e a alegria de ter vivido momentos muito gostosos.

 

Um patch com história – Por Amanda Vicentini

blog_ (2) (1)

A semana começa com mais um ensaio clicado pela minha querida Amanda Vicentini.
O local escolhido para as fotos tem um pouco a ver com o clima da roupa que eu vestia: uma jaqueta jeans vintage com um pacth e um broche que eu emprestei do macacão de piloto do meu avô ❤️ (sim, meu avô além de charmoso, divertido e muito carinhoso, era piloto de avião e tinha um estilo tão marcante que me lembro até hoje das suas jaquetas de couro e seu ray-ban aviador).
Então não podia deixar de aproveitar o clima histórico da peça e inseri-lo em um cartão postal da minha cidade natal: a ferroviária de Bauru.

A ferroviária foi construída em 1905 e permanece muito bem conservada. Ela foi um grande impulso para o crescimento da cidade e hoje, apensar de desativada, traz com ela um museu que apresenta a história e identidade da cidade e também sede seu espaço para atividades sociais e educacionais.
Um ensaio que trabalha com inspiração e muitas memórias gostosas.

Difícil foi escolher as minhas fotos preferidas desse ensaio. Pra variar a Amanda fez um trabalho incrível e me deixou com vontade de postar todas.

Para quem quiser conhecer mais o trabalho dessa fotógrafa que eu adoro, comece a seguir o perfil dela no Instagram (@amandavicentinii), por lá só tem fotos lindas e bastante inspiradoras.